SEO: Como usar para melhorar as suas vendas online

Muitas pessoas negligenciam o SEO, seja por desconhecimento ou deliberadamente. Mas, se você que mais resultados para o seu negócio, saiba que uma estratégia de SEO eficiente é muito importante.

Nesse post vamos explicar a importância do SEO para o desempenho do seu negócio e como você deve usar para aumentar as suas visitas e vender mais.

O que é SEO?

SEO é uma sigla que significa Search Engine Optimization, ou otimização para mecanismos de busca.

O objetivo desta técnica é melhorar o seu posicionamento nos mecanismos de busca, principalmente do Google, e assim conseguir mais tráfego orgânico.

A vantagem do SEO é que essa atração de tráfego orgânico significa que você não precisa pagar para receber novas visitas, ao contrário do tráfego pago.

Além disso, depois que a sua página estiver bem ranqueada, ela passará a receber visitas regulares e em número cada vez maior, aumentando os seus resultados de forma gradativa e sem gastar um centavo a mais por isso!

Isso acontece porque os visitantes que chegam ao seu site estão procurando por aquele assunto, enquanto os anúncios “correm” atrás dos seus clientes.

Por isso, você não deve depender somente do tráfego pago, já que esse depende de um fluxo de caixa contínuo e pode perder eficácia com o tempo, o que demanda novos investimentos e recorrência.

Sabendo da importância e do principal motivo pelo qual você deve pensar em aplicar SEO no seu site, vamos à prática.

Como usar o SEO para aumentar seus resultados

Primeiramente você precisa entender que, o Google não é o seu cliente final. Muita gente acredita entender isso, mas continua a errar nesse sentido. Mas como?

Simples, elas constróem um site e conteúdos pensando exclusivamente em ser amigável com o Google. E qual é o erro? Não é o Google quem compra de você.

Atualmente o Google tem focado seus algoritmos em analisar a experiência do usuário. Se o seu site for interessante, com conteúdo de qualidade, uma navegação simples e fluida, design responsivo (que se ajusta a telas de diferentes dispositivos) e layout interessante, você aumenta as chances de um usuário permanecer em sua página e o Google percebe isso como um bom sinal.

Logo, não foque no que o Google vai gostar ou não, mas sim em como isso é importante para o seu usuário. Portanto, você deve aplicar técnicas de SEO visando melhorar a experi~encia do usuário e como este encontra o seu negócio online.

Dicas de SEO: Palavras-chave

Em uma boa estratégia de SEO, você deve começar buscando as palavras-chave corretas para o seu negócio. Seu uso vai fazer o seu site ser encontrado pelos usuários de forma mais fácil com relação ao assunto que estão procurando.

Logo, você também deve pensar no processo de vendas enquanto estiver preparando as palavras-chave do seu negócio.

Você deve estar preparado para atingir o cliente em todas as etapas da jornada de compra, seja quando ele ainda está pesquisando o produto , como por exemplo “iphone”, ou quando ele já resolveu qual modelo comprar, como “iphone 12 Pro Max 256GB”

Nesse tipo de caso, a primeira palavra-chave é conhecida como Head Tail e costuma ser a que atrai mais tráfego, já ue todos pesquisando por iphone, como no exemplo, poderão ver essa página.

Por outro lado, no segundo exemplo, esse iPhone mais específico tende a atrair menos tráfego, porém a conversão tende a ser maior, já que nesse estágio da pesquisa os clientes tendem a estar mais decididos sobre a compra.

Portanto, para uma estratégia mais efetiva, você deve contemplar os dois tipos de palavras-chave, para ter um desempenho maior.

E-Book Grátis

Importância do título para o SEO

O título mostra não só para o Google, mas também para o seu usuário o assunto de que trata a página.

Isso significa que, através do título você tem a primeira chance do usuário clicar em sua página. Logo, pesquisar corretamente as palavras-chave é essencial para um posicionamento melhor.

Ao criar um título para a sua página você deve incluir a sua palavra chave e alguns dados mais importantes sobre o produto. Lembre de não ultrapassar os 63 caracteres, que é o máximo exibido pelo Google.

Meta Descrição

Outra tag muito importante, além do título para o SEO Onpage é a Meta Descrição. Essa é a descrição do assunto do qual se trata a sua página.

A importância é que os robôs do Google “lêem” a descrição e com ela você pode atingir uma posição melhor. Além disso, por ser uma breve descrição da sua página ela ajuda o usuário a saber o conteúdo da página por ela.

Uma técnica muit usada é despertar no cliente a vontade de clicar no seu link através da meta descrição. Isso pode ser conseguido de várias maneiras, mas evite mentir. Mentir na sua meta descrição pode aumentar a sua taxa de rejeição da página e prejudicar seu progresso.

A palavra-chave da sua página aparece em negrito na pesquisa e pode ajudar a motivar o clique. E, assim como o título, limite o tamanho da sua descrição. Nesse caso, o Google só mostra 160 caracteres, então seja criativo.

Tags de Heading

Essas tag marcam a hierarquia de títulos e intertítulos dentro de uma página. Também são importantes na expressão de quais são os assuntos de cada seção da página.

Um desenvolvimento com o exemplo do iphone acima:

  1. Tag H1 (a mais importante): iPhone 12 Pro Max 256 GB
  2. Tag H2 (a segunda em importância): O iPhone topo de linha
  3. Tag H3 (a terceira em importância): Mais espaço para você
  4. Tag H3: Novo design

É muito comum inserir em algumas tags (não todas, lembre-se de evitar abusos) as palavras-chave da página, de modo que mostre a importância dela durante todo o texto.

Descrição do seu produto

Seguindo a colocação de palavras-chave em vários locais da página, quando aplicável, vamos falar do conteúdo.

A descrição do seu produto é como você espera que o seu cliente veja o produto ue deseja comprar. Ela deve convencer e converter o cliente, de forma que você possa aumentar as suas vendas.

Mas, para ficar melhor posicionado, é importante que no seu conteúdo esteja presente a palavra-chave selecionada. Novamente, sem exageros.

Uma dica muito importante é evitar as descrições padrão de fornecedores. Invista em um conteúdo mais leve e menos formal, que possa se conectar e engajar o usuário de modo mais fácil.

Imagens

A busca por imagens no Google tem crescido exponencialmente, portanto, usar imagens como uma estratégia de SEO pode ser uma boa alternativa para melhorar o seu SEO e aumentar o seu tráfego.

Por exemplo, a tag “alt” indica o nome alternativo da imagem, costumando aparecer quando esta não carrega e a tag “src” contém o nome do arquivo.

Ter uma descrição a partir das tags e até do nome do arquivo de imagem, você tende a melhorar os seus resultados ao aplicar mais uma técnica de SEO para o seu negócio.

URL’s amigáveis

Alguns sistemas, por meio de configuração padrão tendem a utilizar uma sequência de códigos padronizada na composição das URLs.

Porém, a URL é muito importante no processo de ranqueamento em mecanismos de busca, notadamente o Google, porque ela informa ao buscador o conteúdo da página

Portanto, uma sequência de URLs simples e compreensível com informações sobre o assunto da página e, em caso de negócios, a categoria do produto ou serviço.

Links Internos

Outro fator que é muito importante para que o Google possa compreender a nível de relevância de uma página é a distribuição de links internos.

Algumas de suas páginas, que sejam entendidas pelo Google como páginas relevantes e, portanto com autoridade, pode transferir parte dessa autoridade para páginas com menor taxa de acessos no site e, assim, o Google irá percebê-la como relevante também.

Quando um link para um produto é inserido na página principal de um site, por exemplo, essa página tende a receber parte da autoridade da página rincipal e, dessa forma, se torna uma página com autoridade.

Essa página terá maior relevância para o Google e, quanto maior a qualidade dos links que ela receber, melhor será o resultado dessa página nas buscas e maior a sua autoridade e relevância.

Tenha atenção, porém, aos exageros. Links externos ajudam a melhorar a relevância de páginas e podem até mesmo manter o seu cliente no seu site mais tempo, aumentando a chance de vendas. Mas, a depender da qualidade dos links e da quantidade, você pode diminuir a relevância e a qualidade da página no geral, prejudicando a experiência do usuário.

SEO avançado para a sua loja

Se você já aplica as dicas que citamos acima, você precisará de novas técnicas que possam extrair mais do seu site e, assim conseguir maiores resultados.

Essas dicas irão potencializar o trabalho já feito e tendem a aumentar ainda mais os resultados do seu negócio.

Velocidade de carregamento

Se existe algo que dificulta muito o SEO do seu site e até mesmo a navegação e experiência do usuário é a lentidão no carregamento de um site.

A paciência de um usuário é cada vez mais curta, sendo que se o seu site demora mais de 3 segundos para carregar já pode ser rejeitado por muitos usuários.

Pior do que isso, desde 2010, o Google inseriu em seus algoritmos a velocidade de carregamento como um critério que afeta o ranqueamento de uma página.

Isso significa que páginas que demoram mais a carregar são punidas pelo buscador, tendo uma redução na taxa de tráfego. O motivo dessa inclusão é o que dissemos acima: redução nas visualizações de página, aumento na taxa de rejeição de um site e redução das conversões.

Tudo isso pode ser resumido em uma coisa: Experiência do Usuário (UX – User Experience). Esse é o critério mais importante na hora de criar e otimizar a sua página. O Google tem trabalhado em seu algoritmo para que ele funcione cada vez mais como um usuário comum vendo e computando os defeitos e acertos de uma página.

Arquitetura do site

Como falamos acima, de experiência do usuário, a arquitetura é toda a organização e o relacionamento entre as páginas do seu site. Portanto, ter uma boa arquitetura é ter um site leve, simples, rápido e agradável ao usuário.

Logo, a dica é que você tenha um planejamento bem definido de categorias e subcategorias, certificando-se de que existe um caminho bem estruturado e simples para um usuário chegar a qualquer página do seu site.

Como o nosso exemplo, de um iPhone. Esse está na categoria de Smartphones, mas pode estar na subcategoria Apple, ficando assim:

Smartphones > Apple > iPhone 12

Uma ferramenta muito util para isso são os breadcrumbs, que mostram exatamente o caminho percorrido nas categorias e subcategorias até a página.

Erros de SEO que você deve evitar no seu e-commerce

Como existem algumas técnicas que você deve aplicar para aumentar o desempenho do seu negócio, existem algumas que você deve evitar para não prejudicarem ele. Aqui vamos falar dos erros mais comuns.

A escolha da sua plataforma de negócio

Ao escolher uma plataforma para o seu e-commerce, você deve pensar naquilo que pode facilitar ou prejudicar a sua estratégia de SEO. Sua plataforma deve ser otimizada, de forma que você possa aplicar as técnicas faladas nesse post e aumentar o desempenho das suas páginas no Google.

As opções de customização também são importantes, já que diferentes empresas possuem diferentes necessidades.

Como já falamos em outro post sobre opções de plataforma, você deve pesar os prós e contras antes de escolher uma, não olhar só para preço ou condições financeiras, já que ter uma plataforma que é incorreta para você pode lhe dar prejuízos e fazer você ganhar menos do que pode.

Links quebrados

Esse é um problema muito comum, principalmente em sites grandes. Algumas páginas tendem a deixar de estar disponíveis, ou serem excluídas por conta de promoções ou situações de curto prazo, como mudanças de URL ou reorganização de produtos.

Nesses casos, o usuário deixará de ver a página que procura, mas sim verá uma página de erro, o famoso erro 404.

Logo, corrigir tais problemas é uma situação muito necessária. Por isso, recomenda-se atenção a links quebrados e a criação de uma página personalizada 404, em que você pede desculpas e reorienta o seu cliente para outras páginas.

Conteúdo duplicado

Conteúdo duplicado é quando o seu site apresenta um conteúdo igual ao de outra página. Isso pode ser um problema interno ou externo.

O grande problema é que o Google não conseguirá saber qual é a página original e mesmo qual tem mais relevância. Logo, evitar tal erro é muito importante.

Falamos anteriormente sobre a descrição dos produtos. Dissemos que você deve evitar as descrições padrão, enviadas pelos fornecedores. Do cntrário, deve procurar criar descrições personalizadas e únicas.

Isso porque a descrição padrão pode ser encontrada em diversos sites e isso pode prejudicar o ranqueamento da sua, já que não haverá diferenças entre o conteúdo da sua página e o de outra.

Além disso, uma descrição personalizada pode engajar mais ainda o usuário que deseja mais informações a respeito de um produto e facilitar o processo de vendas.

Quando duas páginas possuem o mesmo conteúdo dentro de um site ou levam ao mesmo lugar, esse é o conteúdo duplicado interno. Para resolver, basta incluir canonical tags para mostrar ao Google a página mais relevante entre as duas.

SEO é um processo recorrente

Muitas pessoas acham que simplesmente irão aplicar essas técnicas e verão resultados imediatos e permanentes.

Na verdade, os resultados não são imediatos, já que podem levar alguns meses para surtir efeito, mas ele acontecerão e você precisa ter paciência.

Quando a sua página começar a receber um bom número de visitas, entenda que sem um contínuo trabalho de SEO, as suas visitas tendem a caIr novamente, depois de algum tempo.

Isso pode ocorrer por diversos fatores. Entre eles, pela constante atualização dos algoritmos do Google para indexação de páginas. Isso é feito para refletir as mudanças no comportamento de usuários e permitir a promoção de páginas mais relevantes sobre assuntos específicos.

Portanto, esteja sempre atento ao seu site de forma que ele não tenha uma queda no posicionamento e tenha a confiança do consumidor.

Além disso, a medida que você avança com seu projeto de SEO, seus concorrentes estarão fazendo o mesmo, o que pode aumentar a disputa e também a sua preocupação com a evolução constante do seu projeto.

Na verdade, nós listamos apenas algumas das técnicas que podem ser usadas no SEO do seu site. Na prática voc~e sempre pode melhorar um pouco mais.

E, se você tiver interesse em aplicar estratégias profissionais de SEO ao seu site ou loja, entre em contto com um de nossos consultores através do botão abaixo e descubra as nossas soluções para aumentar a rentabilidade do seu negócio.

nossos consultores

Deixe um comentário