Como vender na internet sem aparecer

Se você deseja vender pela internet como afiliado e já tem todo o seu projeto pronto, deve saber que uma das melhores formas de vender atualmente é através de conteúdo.

Uma forma muito comum de criar e publicar conteúdo são através de artigos em blogs com wordpress.

O wordpress é a plataforma que você pode usar para criar vários tipos de artigos e, com um blog, vender fica mais fácil.

Porém, existe uma outra forma de criar conteúdos que é ainda mais interessante. Vídeos para o Youtube.

Por ser um site visitado por bilhões de pessoas diariamente, o Youtube oferece a possibilidade de conseguir milhões de visualizações e possíveis vendas.

Porém, nem todas as pessoas estão dispostas a aparecer em um vídeo para a internet, seja por timidez ou preocupações com a aparência.

É fato que, para quem quer vender pela internet, ter contato com o seu público é essencial. Por isso, existem outras formas de criar conteúdos em vídeo sem precisar aparecer.

Criando vídeos sem a sua imagem

Para criar vídeos sem a sua imagem, somente o conteúdo, você deve precisar de alguns tipos de software, dependendo do tipo de vídeo que decidir fazer.

Existem vídeos simples que podem ser feitos a partir de slides, que, se você tem PowerPoint, tornam-se extremamente fáceis.

Outro modo, você também pode utilizar o OpenOffice para ter um programa de slides. Esse é o método mais simples.

Outros métodos incluem programas mais refinados, que criam animações que, são muito interessantes, mas tendem a ser mais trabalhosas.

Tais animações podem depender de conhecimentos na área do software, para conseguir criar e editar o seu vídeo de forma eficiente.

Passo a passo para criar vídeos sem aparecer

Para desenvolver, porém, um projeto de vendas baseado em vídeos sem que você precise aparecer, sugerimos o seguinte passo a passo:

1 – Crie seu próprio nicho

Existe muitos canais de sucesso no Youtube que não dependem da imagem dos seus criadores para vender.

O segredo é que cada um desses canais possui um nicho específico. Assim, você pode criar vários canais, com nichos diferentes e vender produtos de uma área específica para cada canal.

Um exemplo, produtos na área de saúde podem ser muito facilmente vendidos em canais voltados para dicas de saúde.

O mesmo vale para canais de emagrecimento, onde é solo fértil para a venda de produtos relacionados a emagrecer.

Você pode replicar esse modelo em muitos setores diferentes, conseguindo vendas e importantes visualizações e compartilhamentos.

Na prática, algumas pessoas nem percebem que estão sendo impelidas a comprar alguma coisa. Esse é o verdadeiro marketing, vender sem que o cliente perceba que está sendo persuadido a isso.

Com o nicho certo para o seu produto, ou nichos, caso você queira vender mais de um produto, o processo de vendas fica muito mais fácil, já que você tende a atrair apenas pessoas interessadas no assunto.

É importante nesse caso, que você separe os canais por nicho, já que, você pode ter melhores resultados assim. Vender um produto de emagrecimento em um canal de maquiagem talvez não seja tão bem sucedido quanto criar um canal nesse nicho e vender.

Escolher um nicho para trabalhar é importante também pois o algoritmo do Youtube tende a reconhecer o seu canal como autoridade no nicho específico, aumentando a sua exposição, a recomendação dos seus vídeos e visualizações.

2 – Defina como será o seu vídeo

Quando falamos anteriormente em diversas formas de criar vídeos, descrevemos algumas alternativas mais usadas.

Embora algumas das alternativas dependa de uso de softwares pagos, o resultado mais profissional compensa o custo.

Ao escolher um estilo de vídeo, tenha atenção ao fato de que este estilo precisa combinar com a didática e o nicho do vídeo.

É interessante que você tenha vídeos sempre no mesmo estilo, não só para se tornar mais especializado no estilo, mas para estar em sempre se aprimorando em relação a esse estilo.

Por exemplo, se você faz vídeos usando slides, é interessante que você continue usando slides para fazer os seus vídeos, assim você pode ir melhorando os seus vídeos com o tempo.

Para aprimorar sua capacidade de fazer bons vídeos, procure ver outros vídeos que usam a mesma técnica e são bem sucedidos.

Assim você pode usar o que for interessante para alavancar o desempenho de seus próprios vídeos.

3 – Faça uma extensa pesquisa de conteúdo

Também não se esqueça de fazer extensas pesquisas para que o seu vídeo seja muito bem embasado e confiável.

Ter cuidado com as informações que você transmite é muito importante, já que as informações de qualidade tendem a aumentar a sua autoridade no assunto.

Nessa etapa é vital que você ofereça aos seus espectadores o máximo de qualidade possível em termos de conteúdo.

Por isso, não poupe esforços em pesquisar o máximo possível. Google e Youtube são duas fontes de pesquisas interessantes para fazer.

Verifique quais são os vídeos mais assistidos, os assuntos mais comentados e procurados. Isso deve dar uma ideia do que realmente possui apelo.

Veja os vídeos mais populares dos canais do mesmo nicho. Veja os assuntos desses vídeos para produzir conteúdo na mesma linha e assim atrair mais espectadores.

4 – Tenha uma pauta de conteúdo

Interligado com o passo anterior, criar e manter uma pauta de conteúdo nada mais é do que separar conteúdos interessantes.

Por conteúdos interessantes, leia conteúdos que interessam aos possíveis visitantes do seu canal.

Isso porque, quando você fizer um vídeo, este precisa ser ao mesmo tempo chamativo e útil, já que um espectador poderá clicar movido pela curiosidade e receber conhecimentos realmente úteis.

Para isso, esteja sempre atento aos seus concorrentes e ao que eles estão fazendo e que dá certo. Vídeos com muitas visualizações, comentários e curtidas são bons indicativos de vídeos atrativos.

Quando fizer os seus vídeos, procure incluir conteúdo de maior qualidade do que o de seus concorrentes, assim você aumenta as suas chances de conquistar novos inscritos e aumentar a sua base potencial de clientes.

Ao usar uma pauta de conteúdo inspirada nos vídeos mais visualizados dos seus concorrentes, você tenderá a ter sucesso muito mais rápido, ao agregar conhecimento em um assunto muito procurado.

5 – Tenha um padrão de qualidade

Como dissemos anteriormente, atente para a qualidade dos vídeos dos seus concorrentes. Isso porque, você deve tentar superar essa qualidade de forma aos seus vídeos serem mais bem sucedidos.

A qualidade do conteúdo distribuído tem muito a ver com a capacidade de este conteúdo ser utilizado na prática, ou seja, quanto do seu conteúdo pode realmente ser aplicado pelo seu espectador.

O ideal é que você tenha um canal de grande qualidade como parâmetro e tente fazer melhor do que ele.

A princípio será difícil, porém, conforme você ganhar experiência, o resultado tende a ficar cada vez melhor.

Como ganhar dinheiro a partir de vídeos, sem aparecer

Basicamente, existem duas formas de ganhar dinheiro com vídeos no Youtube, especialmente sem aparecer.

A primeira delas, é a partir dos anúncios do Youtube. Essa alternativa costuma estar disponível apenas para canais com certo número de inscritos e visualizações.

Essa forma de monetizar um vídeo é muito comum e consiste em receber por cada anúncio visualizado em seus vídeos exibidos na plataforma.

Você recebe em dólares, o que é uma forma interessante de conseguir dinheiro de forma simples..

Contudo, não é a forma ideal de ganhar dinheiro. Principalmente porque depende de muitas visualizações para que o seu ganho seja realmente bom.

A outra forma de ganhar dinheiro é anunciando um produto próprio ou de terceiros. Alguns produtores de conteúdo oferecem em seus canais os seus produtos no Youtube.

Com relação aos produtos de terceiros, existem duas formas principais, uma delas é por meio de um programa de afiliados.

A outra forma é utilizar os seus vídeos para anunciar os produtos de terceiros, por meio de parcerias, como um anunciante tradicional.

Funciona assim, você anuncia o produto ou se4rviço de alguma empresa em troca de um valor financeiro, mensal ou avulso, por vídeo.

No caso da alternativa de afiliados, você precisa ter um cadastro em uma plataforma de afiliados, como o Hotmart, eduzz ou monetizze.

A partir desse cadastro, você poderá escolher entre milhares de produtos para promover em seus vídeos, cada um com o seu nicho específico.

Por exemplo, se você está produzindo vídeos na área de culinária. Oferecer um curso de culinária, gastronomia, ou algum tipo de produto destinado à área e que tenha um bom apelo tem uma grande chance de sucesso.

Escolha bons produtos

Para ganhar dinheiro de verdade, não só você precisa vender produtos condizentes com o seu público, como também vender bons produtos.

Geralmente, bons produtos tendem a ser os mais procurados e vendidos nessas plataformas. Isso porque tendem a ter maior saída e procura por parte de clientes e outros afiliados.

Avalie os vários quesitos do produto, como o quanto ele é completo, o que vem incluso, o suporte, experiência do vendedor e até mesmo a página de vendas.

Aqui há uma certa contradição. Embora os melhores produtos sejam os digitais, já que não precisam de frete, tem boa saída, são relativamente simples e fáceis de vender.

Porém, os produtos físicos tem uma enorme saída de vendas. Isso porque, por serem físicos, são psicologicamente mais agradáveis. O cliente tem o senso de que está comprando algo.

Por isso, saiba que os produtos físicos também podem ser vendidos e, por isso é uma grande alternativa.

O conteúdo para vendas

A partir da seleção de um bom produto, criação de vídeos com conteúdos de sucesso e inseridos no nicho que você escolheu, o próximo passo é pôr tudo em prática.

Ao criar os seus vídeos, cuidando para que tenham uma boa qualidade e sejam sempre muito bem feitos, você pode fazer uma chamada para a ação, do inglês call to action, que nada mais é do que inserir um link para que o seu espectador confira a sua oferta de produtos em primeira mão.

Além do conteúdo criado para instruir o seu cliente, sobre como ajudar a resolver várias situações, você também pode criar conteúdos de outro tipo, como os vídeos review.

Os vídeos review serão tratados com mais profundidade em um post futuro, mas iremos ao básico aqui.

Apesar de não serem tradicionalmente muito visualizados, esses tipos de conteúdo em vídeo conseguem uma alta taxa de conversão. Ou seja, você consegue vender mais para quem visualiza os seus vídeos.

Isso acontece principalmente porque, quem vê um vídeo review geralmente já está procurando pelo produto, mas está buscando uma opinião avaliadora, de forma a poder comprar o produto com maior certeza.

Aí entra o “pulo do gato” ao convencer o seu cliente a comprar a partir da sua opinião e da sua experiência e já anunciar o seu link de afiliado onde o cliente poderá adquirir o produto.

A tendência é de que, quem estiver interessado no produto e quiser comprar terá maior chance de usar o seu link e render uma comissão para você.

Usar os dois tipos de conteúdo é importante para estar em constante contato com a sua audiência e conseguir aumentar o número de inscritos e, assim aumentar também a sua autoridade.

Além disso, com essa estratégia de mesclar conteúdos de review e vídeos de conteúdo prático, você pode inclusive levar os seus inscritos a comprarem o seu produto a partir da visualização do seu vídeo review.

A importância da Chamada para a ação ou Call to Action

A chamada para a ação é o momento no qual você impele o seu cliente a executar uma ação para ter maior conhecimento sobre algo.

Por exemplo, “para saber mais, clique aqui”, essa é uma chamada para a ação clássica. A ação nesse caso é o clique, que deve ser feito para saber mais.

Em muitos casos essa chamada é para comprar algum produto ou “conhecer” tal produto. A importância se resume ao fato de que, a partir dessa chamada é que você poderá fazer as vendas. Sem ela, seu cliente pode não saber que você está vendendo algo.

As ferramentas para utilizar em um vídeo sem aparecer

Iremos sugerir algumas opções de ferramentas que você pode utilizar para fazer os seus vídeos.

Podemos citar como ferramentas de animação as seguintes:

  • Powtoon
  • Videoscribe

Para vídeos com texto e imagens, recomendamos:

  • Lumen5
  • Google Docs (Apresentações, semelhante ao Office Powerpoint, para quem não dispõe de office)
  • Microsoft Powerpoint (para quem possui o pacote office)
  • Openoffice (Opção de suíte de documentos gratuita e de código aberto, possui também software de slides)

Para a gravação da tela, recomendamos:

  • Camtasia (profissional, porém de alto custo)
  • OBS Studio (Open broadcaster Software)
  • FastStone Image Viewer

Recomendamos também algumas outras ferramentas que podem ser úteis:

  • Shotcut (edição de vídeos)
  • Adobe Premiere (edição de vídeos)
  • SOAR MP3 (transforma o texto em áudio – muito útil para quem não deseja usar a própria voz)

Se ainda tem d[uvidas de como ganhar dinheiro na internet, fale com um dos nossos consultores , sem compromisso, eles vão adorar ajuda-lo.

nossos consultores

Deixe um comentário