9 Dicas para vender mais com seu funil de vendas

Se você já conhece marketing e vendas, especialmente pela internet, já deve ter ouvido falar sobre o funil de vendas.

Esse recurso é bastante interessante para o desenvolvimento de estratégias de marketing e vendas e aumentar o resultado das campanhas promovidas por um negócio.

Assim, nesse artigo você verá o que é o funil de vendas e aprenderá a otimizar o seu, de forma que você aumente as suas vendas.

O que é um funil de vendas?

Um funil de vendas consiste em uma representação das etapas pelas quais um cliente passa no processo de compra de um produto.

Esse modelo representa cada fase de um processo de compra, compreendendo desde o início do processo, quando o cliente conhece o produto até a etapa final, a compra.

O formato de funil se deve ao fato de que nem todas as pessoas atraídas até uma oferta de fato se convertem em vendas, por isso, o volume de potenciais clientes vai diminuindo pelas etapas e na etapa final, apenas as conversões são representadas.

O funil de vendas possui muita afinidade com outra ferramenta do marketing, a jornada de compra do cliente.

Porém, como dissemos antes, o funil e dividido em etapas e apenas uma parte dos clientes avança para a etapa seguinte.

Compreender os conceitos do funil é muito importante para o desenvolvimento da sua estratégia online, portanto tenha muita atenção nesse artigo.

O funcionamento do funil

Após compreender a definição de um funil de vendas, agora você verá como um funil de vendas funciona.

Conscientização e aprendizado

Essas são as fases de topo de funil, já que representam o início do contato entre o cliente e o produto ou marca.

Nessa fase o cliente se conscientiza da existência do produto e aprende as suas funcionalidades, daí o nome da fase.

A partir do aprendizado, ele saberá como o produto poderá atingir as suas necessidades e expectativas.

Portanto, todo o seu esforço deve ser concentrado em saber atingir o público correto, com as necessidades que você atende. Ajustar a sua campanha a esse público também é essencial.

A partir dessa fase, começa o relacionamento do cliente com a marca. E apenas uma parte dos clientes de fato vai passar à próxima fase.

Interesse e consideração

Essa é a segunda etapa do funil, a qual uma parte dos clientes apenas irá passar. O nome deriva do interesse demonstrado pelos clientes e o início da fase de consideração do produto.

Portanto, seu produto já é conhecido pelo cliente e nessa fase ele já começa a pensar em compra-lo.

A empresa deve identificar os clientes que demonstram interesse a partir de algum gatilho, seja um call to action ou uma ação em anúncios ou redes sociais.

Decisão e ação

Essas são as últimas fases, representando o fim da jornada de compra. Nessa etapa, o cliente recebe a oferta, a ação, e então deve tomar a decisão final, comprar ou não.

Esse é o fundo do funil, sendo de suma importância que as suas ações sejam feitas de modo a garantir o aproveitamento máximo dos clientes gerados.

Nessa etapa, o cliente já conhece o seu produto e suas funcionalidades, possui interesse na aquisição e sabe que esse produto pode resolver o seu problema.

Portanto, nesse ponto o cliente está pronto para comprar, sendo necessária uma ação sua que desperte a vontade irresistível de comprar o seu produto.

Geralmente usa-se gatilhos mentais para garantir esse efeito e permitir que o cliente toma a decisão certo mais rapidamente.

Etapas de um processo de vendas eficiente

Após entender todas as etapas do funil de vendas, você também deve entender a relação entre este e a jornada de compra, de forma que você consiga criar e aplicar um funil de vendas mais eficiente.

Prospecção

A prospecção de clientes consiste na busca por potenciais clientes para um negócio. Para isso, aplicar estratégias de marketing será o melhor caminho.

Você pode usar abordagem passiva ou ativa e cada uma possui a sua estratégia associada. Você também pode mesclar as duas em seus esforços para tentar alcançar mais clientes.

O objetivo é conseguir algum meio de contato para que o cliente seja conduzido à próxima fase do funil.

Qualificação

Depois de atrair e conseguir o contato dos seus potenciais clientes (prospects), você deve começar a qualifica-los.

A partir do contato, conseguido na fase anterior, você deve se comunicar com o seu cliente e entender as necessidades dele, de forma a ajustar seus esforços ao que ele necessita.

Assim, você também poderá decidir se ela possui o perfil da persona que você está buscando atender.

Apresentação

Esse é o momento em que a equipe de vendas começa a tomar o lugar do marketing no processo.

Com os visitantes atraídos e convertidos em prospects, essa é a etapa em que estes são convertidos em leads.

Nesse ponto eles já estão aptos a receberem os primeiros contatos de vendas. Aqui eles recebem a oferta de venda pela primeira vez.

Amadurecimento

Após a proposta, você deve deixar que o cliente avalie todos os dados que foram informados e ponderar sobre a decisão que deve tomar.

Nessa etapa o time de vendas deve estar atento a responder eventuais dúvidas ou demandas do consumidor, com um acompanhamento próximo, vencendo as objeções e ressaltando as vantagens e pontos positivos do produto para facilitar a compra.

Uma parte dos clientes estará interessada em concluir a compra e passará à próxima fase.

Fechamento

Essa é a última etapa, em que todo o processo de vendas é fechado. Um ponto importante é que você deve ter todas as informações necessárias para cumprir satisfatoriamente com o pedido do cliente.

Isso é importante para que o cliente esteja satisfeito com a compra e você consiga possíveis indicações e novas vendas.

10 dicas de otimização de funil

Antes de você colocar em prática o seu funil de vendas, aqui vão algumas dicas para ajudar você a otimizar o processo e torna-lo melhor.

  1. Pesquisa de mercado: Essa é uma ferramenta muito poderosa para o funil de vendas. Sua importância se deve ao fato de que você poderá entender os consumidores, seus hábitos e também a concorrência, dessa forma poderá se posicionar do melhor modo possível.
  2. Testes A/B: Esses testes ajudam você a identificar a melhor dentro as suas opções, ou seja, a que produz mais. Assim, por tentativa e erro você poderá fazer modificações em suas estratégias que agreguem valor e resultado ao seu negócio.
  3. Análise de resultados: Obviamente, para medir o sucesso dos seus testes, será necessário medir os resultados de cada iniciativa. Essa análise é uma das partes mais importantes do funil, pois é nela que você identifica eventuais necessidades e pode verificar pontos de melhora.
  4. Conteúdo de qualidade: Quando falamos de marketing digital, o marketing de conteúdo aparece como uma das estratégias mais eficientes de atingir a sua audiência. Portanto, nutrir o público com informações de qualidade é muito importante para ter melhores resultados na sua estratégia. Existem várias formas de fazer isso, a mais usada atualmente é o e-mail marketing.
  5. Use mídias para se destacar: Para ter mais sucesso, é fundamental que o seu processo de vendas seja eficiente, portanto, ter menores custos, tanto financeiros quanto de tempo enquanto vende mais é essencial. Por isso, você deve identificar e investir nas mídias com maior resultado.
  6. Publique depoimentos e experiências dos clientes: Falamos anteriormente sobre a importância de ter um bom serviço para a satisfação do cliente. A opinião dele em relação à sua empresa é muito importante, já que incentiva outros clientes a se decidirem em relação à compra. Esse é o gatilho mental da prova social, muito importante no processo de vendas.
  7. Checkout mais rápido: Grande parte dos carrinhos são abandonados no último estágio da venda. Isso significa que facilitar o checkout, ou seja, a finalização da venda, pode aumentar muito a quantidade de vendas realizadas. Quanto mais simples, melhor.
  8. Busque fidelizar os clientes: Uma experiência boa, satisfatória e sem problemas é o primeiro caminho para fidelizar um cliente. Mas você pode ajudar a facilitar o processo ao oferecer vantagens para as próximas compras ou indicações. Isso ajuda você a transformar um cliente comum em cliente fiel e embaixador da marca.
  9. Produza conteúdo: Produzir conteúdo relevante é uma ótima maneira de manter contato com os clientes. Manter o cliente informado de novidades e informações importantes é vital para manter o consumidor engajado com o seu negócio.

Conclusão

Nesse artigo você conheceu o funil de vendas, uma ferramenta muito importante para o processo de vendas de uma empresa.

Hoje em dia, para ser mais eficiente nas suas vendas, é necessário saber como melhorar esse funil para converter e reter mais clientes e, assim, gerar mais vendas.

Espero que esse artigo ajude você nesse processo, de forma que o seu negócio venda muito mais e seja muito mais bem sucedido.

E, se você deseja conhecer soluções de marketing digital de grande resultado, entre em contato conosco clicando no botão abaixo e falando com um de nossos consultores.

nossos consultores

Deixe um comentário